NORMAS DE PUBLICAÇÃO ABC IMAGEM CARDIOVASCULAR

Os Arquivos Brasileiros de Cardiologia Imagem Cardiovascular (Arq Bras Cardiol:imagem cardiovasc) é o órgão oficial de divulgação do Departamento de Imagem Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Trata-se de uma publicação indexada no Lilacs (Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e no Latindex (Sistema Regional de Informação em Linha para Revistas Científicas de América Latina, o Caribe, Espanha e Portugal. Os trabalhos enviados para publicação nos Arq Bras Cardiol:imagem cardiovasc devem versar sobre temas na área de imagem cardiovascular, incluindo ecocardiografia, ultrassom vascular, ressonância magnética, tomografia e medicina nuclear cardíaca, por meio de publicação de editoriais, artigos originais, artigos de revisão, pontos de vista, relatos de caso, comunicação breve, carta ao editor, imagens, ciência & tecnologia, artigo “como eu faço”, artigo “o que o cardiologista espera do ecocardiograma...?” e artigo especial.
Ao submeter o manuscrito, os autores assumem a responsabilidade de o trabalho não ter sido previamente publicado e nem estar sendo analisado por outra revista. Todas as contribuições científicas são revisadas pelo Editor-Chefe, pelo Supervisor Editorial e Editores Associados. Só serão encaminhados aos revisores os artigos que estejam rigorosamente de acordo com as normas especificadas. A aceitação será feita com base na originalidade, significância e contribuição científica para o conhecimento da área.

Arq Bras Cardiol:imagem cardiovasc  é uma revista trimestral que publica quatro edições por ano. A publicação on-line é contínua e uma edição é finalizada a cada três meses.

 

Ciência Aberta

A expressão ciência aberta (open science) faz referência a um modelo de prática científica em consonância com a evolução digital que propõe a disponibilização das informações em rede, de forma oposta à pesquisa fechada dos laboratórios.1
A prática da ciência aberta envolve a publicação dos dados das pesquisas, o aceleramento dos processos editoriais e de comunicação por meio da publicação contínua dos artigos e adoção de Preprints, maximização da transparência nos processos de avaliação e fluxos de comunicação, e a busca por sistemas mais abrangentes para a avaliação de artigos e periódicos.2,3

Preprint

Um Preprint é um manuscrito científico completo que é depositado pelos autores em um servidor público. O Preprint contém dados e metodologias completos. Este é publicado na Web dentro de aproximadamente um dia, sem passar por avaliação pelos pares e pode ser visualizado gratuitamente por qualquer pessoa no mundo, em plataformas hoje desenvolvidas para este propósito, permitindo que os cientistas controlem diretamente a disseminação de seu trabalho na comunidade científica mundial. Na maioria dos casos, o mesmo trabalho publicado como Preprint também é submetido para avaliação por pares em um periódico. Assim, os Preprints (não validados através de peer-review) e a publicação de periódicos (validados por meio de peer review) funcionam em paralelo como um sistema de comunicação para a pesquisa científica.4,5
Depositar um manuscrito em uma plataforma de Preprints, como o Peerage of Science, o arXiv, a PLoS e a Nature Precedings, não é considerado publicação duplicada. A Arq Bras Cardiol:imagem cardiovasc  também aceitará manuscritos que foram publicados em site pessoal ou institucional de um autor. Teses acadêmicas em domínio público, de acordo com as diretrizes da instituição que cursou, também será considerado pela Arq Bras Cardiol:imagem cardiovasc .
A revista Arq Bras Cardiol:imagem cardiovasc  procura manter sua plataforma e regras em constante atualização, caminhando em conjunto com as tendências da publicação científica moderna. Aceitamos hoje os Preprints e o uso de plataformas open science como uma maneira de incentivar a comunicação entre os autores.

Fontes:

  1. https://pt.wikipedia.org/wiki/Ci%C3%AAncia_aberta
  2. https://www.cienciaaberta.net/
  3. http://www.ciencia-aberta.pt/sobre-ciencia-aberta
  4. http://blog.scielo.org/blog/2017/02/22/scielo-preprints-a-caminho/#.Wt3U2IjwY2w
  5. http://asapbio.org/preprint-info

 

  1. FORMATAÇÃO DOS ARTIGOS
    1.1 Editorial – Refere-se a artigos selecionados, em cada número dos Arq Bras Cardiol: imagem cardiovasc pela sua importância para a comunidade científica. São redigidos pelo Corpo Editorial ou por convite a especialistas de destaque na área em questão. Deve conter no máximo de 1.000 palavras e dez referências. Ilustrações e tabelas são permitidas, com o número máximo de duas. O número de autores não deve exceder a dois. Não há necessidade de resumo.
    1.2 Artigo Original – Estão incluídos aqui estudos controlados e randomizados, estudos observacionais, registros, bem como pesquisa básica com animais de experimentação ou modelos in vitro. Esses artigos são submetidos à publicação espontaneamente pelos autores. Os artigos originais devem conter, obrigatoriamente, as seguintes seções: Introdução, Método, Resultados, Discussão, Conclusões, Referências Bibliográficas, Resumo e Resumo em Inglês (Abstract). O texto não deve ultrapassar 5.000 palavras, incluindo Tabelas, Referências Bibliográficas, Resumo e Abstract. Os resumos não devem exceder 250 palavras, o número de referências bibliográficas não deve exceder a 40, e o número máximo de caracteres do título não deve ser superior a 100, incluindo espaços. O número máximo de tabelas, imagens ou vídeos é oito. O número máximo de autores não deve exceder a dez.
    1.3 Artigo de Revisão – Compõe-se de avaliações críticas e ordenadas da literatura de temas de importância clínica. Especialistas em assuntos de interesse relevante para os leitores são, em geral, convidados a escrever essas revisões. Os Arq Bras Cardiol:imagem cardiovasc também aceitam artigos de revisão enviados espontaneamente pela comunidade científica. Devem apresentar, no máximo, 6.500 palavras, incluindo Referências Bibliográficas e Tabelas. As Referências Bibliográficas devem ser atuais, preferencialmente, publicadas nos últimos cinco anos, em número máximo de 80. O número de autores não deve exceder a quatro e deve apresentar no máximo oito imagens, tabelas ou vídeos.

1.4  Artigo O que o cardiologista espera do ecocardiograma...?” - Artigo selecionado por meio de convite enviado pelo Conselho Editorial ao cardiologista clínico de expertise inequívoca em determinado tema cardiovascular no qual a ecocardiografia e/ou a imagem cardiovascular desempenham papel importante. O objetivo é trazer a ótica do profissional que solicita e faz uso das informações do exame de imagem na abordagem de um tema específico. O texto deve ser elaborado de forma sucinta, prática e atualizada, valorizando a expertise do autor na área, embasado nas evidências científicas mais relevantes disponíveis.  Devem apresentar, no máximo, 1.000 palavras, 15 referências bibliográficas, no máximo 4 tabelas ou imagens e até 6 videos. O número de autores deve ser preferencialmente 1, ou no máximo 2. Deverá ser encaminhada imagem de boa qualidade com a foto do autor que será disponibilizada para publicação com o artigo.

1.5 Artigo “Como Eu Faço” - Elaborado por ecocardiografistas (adulto e congênitas) e médicos das outras áreas da imagem cardiovascular (Tomografia, Ressonância, Vascular, Medicina Nuclear) convidados pelo conselho editorial. O texto deve buscar uma abordagem sucinta, prática e atualizada do emprego da ecocardiografia e/ou métodos de imagem cardiovascular na avaliação de determinado tema cardiovascular específico, valorizando a expertise do autor na área, embasada nas evidências científicas mais relevantes disponíveis.  Devem apresentar, no máximo, 1.000 palavras, 15 referências bibliográficas, no máximo 4 tabelas ou imagens e até 6 videos. O número de autores deve ser preferencialmente 1, ou no máximo 2. Deverá ser encaminhada imagem de boa qualidade com a foto do autor que será disponibilizada para publicação com o artigo.

1.6 Ponto de Vista – É a apresentação do resumo de um artigo relevante da especialidade. Especialistas são convidados ou se apresentam espontaneamente para posicionar sua opinião a respeito de um tema científico específico, com a posição adequadamente fundamentada na literatura ou em sua experiência pessoal, descrevendo seus pontos positivos e negativos, sua aplicabilidade clínica e relevância. Devem apresentar, no máximo, 1.500 palavras, dez referências bibliográficas e no máximo duas tabelas ou imagens. O número de autores não deve exceder a oito.
1.7 Relato de Caso – Descrição de casos envolvendo pacientes ou situações singulares, doenças raras ou nunca descritas, assim como formas inovadoras de diagnóstico ou tratamento. O texto deve ser composto por uma Introdução breve, que situe o leitor em relação à importância do caso, e apresentar os Objetivos da apresentação do (s) caso (s) em questão, Relato de Caso e Discussão, onde são abordados os aspectos relevantes e comparados com os disponíveis na literatura. O número de palavras deve ser inferior a 1.500, incluindo-se as referências bibliográficas, com no máximo 10 referências, duas tabelas e não mais do que quatro ilustrações. Serão permitidos e incentivados a publicação de vídeos, no formato AVI ou MPEG, com no máximo quatro vídeos por artigo. O número máximo de autores não deve exceder a seis. Não há necessidade de resumo.
1.8 Comunicação Breve – Pequenas experiências que tenham caráter de originalidade, não ultrapassando 1.500 palavras e dez referências bibliográficas. O número de autores não deve exceder a oito.
1.9 Carta ao Editor – Deve comentar, discutir ou criticar artigos publicados na própria Revista nos dois meses anteriores. Deve apresentar no máximo 1.000 palavras, incluindo até cinco referências bibliográficas, podendo ou não apresentar título, sem ilustrações ou tabelas. Uma resposta dos autores do artigo em questão será solicitada para publicação junto à carta. O número de autores não deve exceder a três.
1.10 Imagens – Publicação de imagens (estáticas e/ou vídeos) inusitadas ou referentes a inovações tecnológicas em medicina cardiovascular, incluindo ecocardiograma, ultrassom vascular, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou medicina nuclear, podendo ser associados à angiografia. Permite a publicação de novas técnicas de imagem. Publicação sucinta, limitada a 100 palavras, não permitindo discussão por parte dos autores ou referências bibliográficas. O número máximo de autores não deve exceder cinco e o máximo de duas imagens e vídeos.
1.11 Artigo Especial – Artigos não classificáveis nas categorias anteriormente descritas, mas considerados relevantes, na especialidade, pelo Conselho Editorial. Admite critérios próprios, não havendo limite de extensão ou restrições quanto ao número de referências consultadas.

  1. INFORMAÇÕES GERAIS - Os Arquivos Brasileiros de Cardiologia Imagem Cardiovascular adotam as normas de Vancouver – Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals (revisão em outubro/2005) e organizadas pelo International Committee of Medical Journal Editors: “Vancouver Groups”.

2.1 Seções do Manuscrito
Primeira página:
IDENTIFICAÇÃO - Título do trabalho de maneira concisa e descritiva, em português e inglês, e um título resumido com no máximo 50 caracteres. Inserir, por extenso, as instituições a que pertencem os autores e as subdivisões, se for o caso, com endereço completo. Seguem-se as informações sobre o autor correspondente, inclusive telefone, fax e email, data do envio e órgão financiador da pesquisa, se houver. Se o trabalho foi apresentado em congresso, devem ser mencionados o nome do congresso, o local e a data da apresentação.
Devem ser incluídos de três a cinco descritores (palavras-chave), assim como a respectiva tradução para as keywords (descriptors). Os descritores devem ser consultados nos sites: http://decs.bvs.br/, que contém termos em português, espanhol e inglês ou www.nlm.nih.gov/mesh, para termos somente em inglês.
Segunda página:
RESUMO/SUMMARY - Deve ser estruturado em cinco seções: Fundamento, Objetivo, Método, Resultados, Conclusão ou Conclusões. Deve conter informações facilmente compreendidas, sem a necessidade de se recorrer ao texto. O verbo deve ser apresentado no passado para os resultados e, no presente, para generalização. Utilizar, sempre que possível, número em lugar de percentagem. Não usar “os autores apresentam”, “os achados são apresentados” ou “o tratamento é discutido” e semelhantes. O resumo de artigo original, com o máximo de 250 palavras, deve ser feito na forma estruturada (ver: Rev Paul Med 1988;106:1834). O resumo de artigo de revisão deve ter no máximo de 250 palavras e apresentar os principais conceitos contidos no texto. O resumo de relato de caso, com o máximo de 100 palavras, deve mostrar a originalidade do caso e seus aspectos clínicos, laboratoriais, diagnósticos e terapêuticos mais importantes.
TEXTO - Deve ser dividido em: Introdução, Métodos, Resultados e Discussão. As referências devem ser citadas numericamente, por ordem de aparecimento no texto, sob a forma de potenciação. Se forem citadas mais de duas referências em sequência, apenas a primeira e a última devem ser digitadas, separadas por um traço, exemplo: 711. Em caso de citação alternada, todas as referências devem ser digitadas, separadas por vírgula. Exemplo: 7, 11, 16. Todo o texto deve ser digitado em espaço simples.

  1. AGRADECIMENTOS - Opcional. Devem ser concisos e apresentados no final do texto, indicando os nomes das pessoas que colaboraram na fase intelectual ou técnica do trabalho, bem como as agências de fomento que contribuíram com a pesquisa, que resultaram no artigo publicado.
  2. ESTILO E FORMATO DAS REFERÊNCIAS - Devem ser citadas, quando consultadas, em algarismos arábicos, em forma de potenciação e numeradas por ordem de citação no texto. Citar todos os autores da obra se houver seis autores ou menos, ou apenas os seis primeiros seguidos de et al., se houver mais de seis autores. O título abreviado do periódico deve estar em conformidade com o Index Medicus/Medline. Seguem exemplos dos principais tipos de referências bibliográficas. Para obter demais amostras de referências, os autores devem consultar o endereço:
    http://www.nlm.nih.gov/bsd/uniform_requirements.html
    4.1 Material Impresso
    Exemplos:
    Artigo de Revista: Pahl E, Seghal R, Chrystolf D, Neches W H, Webb CL, Duffiy CE et al. Feasibility of exercise stress echocardiography for the folIow up of children with coronary involvement secondary to Kawasaki. Circulation. 1995; 91:1228.
    Instituição como autor: The Cardiac Society of Australia and New Zealand. Clinical exercise stress testing. Safety and performance guidelines. Med J Aust. 1996; 116:412.
    Sem Indicação de autoria: Cancer in South Africa. [editorial]. S Afr Med J. 1994; 84:15.
    Capítulo do Livro: Mylek WY. Endothelium and its properties. In: Clark BL Jr, editor New frontiers in surgery. New York: Mc Graw HiIl; 1998. p. 5564.
    Livro: Sutton MG St J, Oldershaw PJ, Ketler MN, editors. Textbook of echocardiography and Doppler in adults and children. Cambridge (MA): Blackwell Science, 1996.
    Tese: Takimura CK. Correlação das variáveis geométricas de lesões coronárias com achados ultrasonográficos. [Tese]. São Paulo: Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, 2003.
    Eventos: Silva HH. Preparo Intestinal transoperatório. In: 45”Congresso Brasileiro de Atualização em Coloproctologia; 1995; São Paulo. Anais. São Paulo: Sociedade Brasileira de Coloproctologia; 1995. p.279. 77 Minna JD. Recents advances for potential clinical importance in the biology of lung cancer. In: Annual Meeting of the American Medical Association for Cancer Research: 1984 Sept 610. Proceedings Toronto: AMA; 1984; 25:2934.
    4.2 Material Eletrônico
    Artigo de Revista: Morse SS Factors in the emergence of infections diseases. Emerg infect Dis [article on the Internet]. 1995 JanMar [cited 1996 Jun 5]; 1(1): [24 screens]. Available from URL: http:www.cdc.gov/ncidod/EID/eid.htm.
    Livros: Tichenor WS. Sinusitis: treatment plan that works for asthma and allergies too [monograph on the Internet]. New York: Health On The Net Foundation; 1996. [cited 1999 May 27]. Available from: URL: http://www.sinuses.com
    Capítulo do Livro: Tichenor WS. Persistent sinusitis after surgery. In: Tichenor WS. S nusitis: treatment plan that works for asthma and allergies too [monograph on the Internet]]. New York: Health On The Net Foundation; 1996. [cited 1999 May 27]. Available from: URL: http://www.sinuses.com/postsurg.htm.
    Tese: Lourenço LG. Relação entre a contagem de microdensidade vasal tumoral e o prognóstico do adenocarcinoma gástrico operado.[tese on line].São Paulo: Universidade Federal de São Paulo; 1999. [citado 1999 Jun 10]. Disponível em: URL: http://www.epm.br/cirurgia/ gastro/laercio
    Eventos: Barata RB. Epidemiologia no século XXI: perspectivas para o Brasil. In: 4º Congresso Brasileiro de Epidemiologia [on line]; 1998 Ago 15; Rio de Janeiro. Anais eletrônicos. Rio de Janeiro: ABRASCO; 1998. [citado 1999 Jan 17]. Disponível em: URL: Home Page/ Web Site CancerPainorg [homepage on the Internet]. New York: Association of Cancer Online Resources, 01 [update 2002 May 16; cited 2002 Jul 9] Available from: http://www.cancerpain.org
    Só poderão ser citados sumários com até dois anos de sua apresentação.
    4.3 Tabelas - Devem ser apresentadas, apenas quando necessárias, para a efetiva compreensão do trabalho, não contendo informações redundantes, já citadas no texto, e numeradas por ordem de aparecimento. Utilize a mesma fonte que a utilizada no texto. Indicar os marcadores de rodapé, na seguinte ordem: *, t, *, §, 11, #, **. Não use linhas verticais entre as colunas. Use linhas horizontais apenas na parte superior e inferior do cabeçalho e na parte inferior da tabela. As abreviações utilizadas na tabela devem ser definidas no rodapé da própria tabela. Devem ser submetidas na extensão JPEG ou em páginas separadas do texto em Word e configuradas em espaço duplo. Devem ser enumeradas em numeral arábico e conter um título curto.
    4.4 Figuras - Para a submissão, as figuras, em formato JPEG, com resolução mínima de 300 DPI, devem estar em Alta Resolução para que possam ser avaliadas pelos revisores. As legendas das figuras devem permitir sua perfeita compreensão, independentemente do texto. As abreviações usadas nas ilustrações devem ser explicitadas nas legendas.
    4.5 Vídeos - Para submissão de vídeos para publicação em artigos, as imagens devem seguir as seguintes especificações: • Formato do arquivo de vídeo: Todos os arquivos de vídeo, exceto .MOV; • Peso do vídeo: O arquivo deverá ter no máximo 20 MB. Aconselhável ao autor enviar o arquivo através de conexão banda larga.
  3. POLÍTICA EDITORIAL
    5.1 Avaliação pelos pares - Todos os trabalhos enviados à Revista serão submetidos à avaliação pelos pares (peer review) e por até três revisores. A aceitação será feita com base na originalidade, significância e contribuição científica. Os revisores farão comentários gerais sobre o trabalho e informarão se deve ser publicado, corrigido, segundo as recomendações, ou rejeitado. De posse desses dados, o Editor tomará a decisão final. Em caso de discrepâncias entre os avaliadores, poderá ser solicitada uma nova opinião para melhor julgamento. Quando forem sugeridas modificações, elas serão encaminhadas ao autor principal e, em seguida, encaminhadas aos revisores para que estes verificarem se as exigências foram satisfeitas. Em casos excepcionais, quando o assunto do manuscrito assim o exigir, o Editor poderá solicitar a colaboração de um profissional, que não conste da relação os Editores Associados e Conselho Editorial, para fazer a avaliação. A decisão sobre a aceitação do artigo para publicação ocorrerá, sempre que possível, no prazo de 90 dias, a partir da data de seu recebimento.
    5.2 Ética: Formulário preenchido e assinado pelo primeiro autor informando se a pesquisa foi aprovada pela Comissão de Ética em Pesquisa de sua instituição. Acesse: https://2704bf3f-d088-4d1d-89b8-c98e74eb4d1e.filesusr.com/ugd/71667f_0273231478594fc2bacd7ca0f9025fa3.pdf

 

  • Nos trabalhos experimentais envolvendo animais, as normas estabelecidas no “Guide for the Care and Use of Laboratory Animals” (Institute of Laboratory Animal Resources, National Academy of Sciences, Washington, D. C. 1996) e os Princípios Éticos na Experimentação Animal do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA) devem ser respeitados.
  • Nos trabalhos experimentais envolvendo seres humanos, os autores devem indicar se os procedimentos seguidos seguiram os padrões éticos do comitê responsável por experimentação humana (institucional e nacional) e da Declaração de Helsinki de 1975, revisada em 2008. Estudos realizados em humanos devem estar de acordo com os padrões éticos e com o devido consentimento livre e esclarecido dos participantes conforme Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde (Brasil), que trata do Código de Ética para Pesquisa em Seres Humanos e, para autores fora do Brasil, devem estar de acordo com Comittee on Publication Ethics (COPE).Verifique as documentações e definições específicas para ensaios clínicos para mais informações.

 5.3 Direitos autorais - Os autores dos manuscritos aprovados deverão preencher o formulário de Transferência de Direitos Autorais disponível no site da Revista e encaminhá-lo, previamente, à publicação através do e-mail revista@dicsbc.com.
5.4 Critérios de Autoria - Sugerimos que sejam adotados os critérios de autoria dos artigos, segundo as recomendações do International Committee of Medical Journal Editors. Assim, somente aquelas pessoas, que contribuíram diretamente para o conteúdo intelectual do trabalho, devem ser listadas como autores no formulário de Contribuição de Autores disponível no site da Revista e encaminhá-lo à secretaria editorial através do e-mail revista@dicsbc.com. Os autores devem satisfazer todos os critérios, relacionados abaixo, de forma a assumir responsabilidade pública pelo conteúdo do trabalho:
1. ter concebido e planejado as atividades que levaram ao trabalho ou interpretado os resultados a que ele chegou, ou ambos;
2. ter escrito o trabalho ou revisado as versões sucessivas e participado no processo de revisão;
3. ter aprovado a versão final.
Exercer posição de chefia administrativa, contribuir com pacientes e coletar e agrupar dados, embora importantes para a pesquisa, não são critérios para autoria. Outras pessoas que tenham feito contribuições substanciais e diretas ao trabalho, mas que não possam ser consideradas autores, podem ser citadas na seção Agradecimentos.
5.5 Idioma - Os artigos devem ser redigidos em português (ortografia vigente) ou inglês.
5.6 Publicação Secundária - Com base nas normas adotadas do International Committee of Medical Journal Editors (Revisão outubro 2005), a publicação secundária devido a muitas outras razões, na mesma língua ou em outra língua, especialmente, em outros países, é justificável e pode ser benéfica, desde que as condições descritas no editorial sejam preenchidas.

  1. COMO ENVIAR O MATERIAL PARA SUBMISSÃO - Os artigos devem ser submetidos através do Sistema de Submissão no http://dicsbc.com/revista/index.php/ABC-imagem-Cardio/submissions. Durante o envio do artigo, o autor deverá preencher o campo “Carta de Submissão”, sugerindo a Seção em que o artigo deva ser incluído, declaração do autor de que todos os coautores estão de acordo com o conteúdo expresso no trabalho, explicitando presença ou não de conflito de interesse* e a inexistência de problema ético relacionado. A Carta de Submissão deve conter o número de palavras contidas no texto (excluindo Tabelas e Figuras), o número de Tabelas e Figuras. 
    *Conflitos de Interesse - Quando existir alguma relação entre os autores e qualquer entidade pública ou privada, que pode derivar algum conflito de interesse, essa possibilidade deve ser comunicada ao Editor através do formulário “Declaração de Potencial Conflito de Interesses”, que garantirá a confidencialidade.
    Formatos de submissão: texto em Word (preferível), Word Perfect. Figuras devem vir separadamente e ser submetidas como JPEG.
  2. ARTIGOS REVISADOS
    1. Será comunicado aos autores a necessidade de revisão dos artigos para a aceitação e publicação na Revista. Os pareceres estarão disponíveis para visualização na Área do Autor do Sistema de Submissão de Artigos. A segunda versão deverá ser reenviada pelo sistema ou através do e-mail revista@dicsbc.com
    2. Uma vez feita a revisão do manuscrito pelos autores, este deverá ser novamente enviado à revista, no prazo máximo de 15 dias. Se a revisão for recebida após esse prazo, o artigo será considerado como novo e passará novamente por todo o processo de submissão.
    3. Na sua resposta aos comentários dos revisores, apontar a página, o parágrafo e o número da linha em que cada alteração foi feita.
  3. ARTIGOS ACEITOS PARA PUBLICAÇÃO - Uma vez aceito para publicação, uma prova do artigo editorado (formato PDF) será enviada ao autor correspondente, para sua avaliação e aprovação definitiva.
  4. PLÁGIO: A revista adota sistema de detecção de plágio, porém todo conteúdo publicado nos artigos é de inteira responsabilidade dos autores. Em caso de detecção de qualquer forma de plágio, os autores que submeteram o artigo serão notificados pela revista com questionamento de conduta para o direito de manifestação e justificativa. Sob ocorrência de publicação de plágio no periódico, o artigo publicado não será retirado da edição, sendo aposto à publicação um adendo informativo de plágio com identificação explicita na folha de rosto por tarja de tamanho integral sobre o conteúdo. O periódico não se responsabiliza por notificar os autores do conteúdo original. 

  5. REPRODUÇÃO: Os artigos enviados passarão a ser propriedade dos Arquivos Brasileiros de Cardiologia Imagem Cardiovascular.

 

Permitida a reprodução total ou parcial dos artigos, desde que mencionado a fonte.

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-tipo BY-NC.

 

Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria dos Arquivos Brasileiros de Cardiologia Imagem Cardiovascular.

 

Editor: Dr. Silvio Henrique Barberato

Rua Barata Ribeiro, 380 ­cj 54 ­Bela Vista 01308­000 – São Paulo ­Brasil

Telefones: 55 (11) 3120­3363 ­Telefax: 55 (11) 3259­2988 - depeco@cardiol.br

Secretaria Editorial:

Atha Editora 55 (11) 5087 9502 / 5579 5308

revista@dicsbc.com